Cras de Branquinha recebeu idosos e jovens para tarde de confraternização, apresentações artísticas, dança no salão com direito a comidas típicas

 A “Festa da Convivência” do Centro de Referência de Assistência Social – Cras recebeu os jovens e os idosos para os festejos juninos. O evento aconteceu nesta terça-feira (27), e contou com muita música, comidas típicas e apresentações artísticas realizadas pelos próprios jovens assistidos pelo local.

Aproximadamente setenta e sete idosos e mais de 300 jovens são atendidos semanalmente na unidade. Maria Fernanda (16 anos) é uma das jovens que frequentam o Cras e disse que a convivência com os idosos ajuda no aprendizado e na formação da intelectualidade.

“É gratificante poder compartilhar experiências com os idosos, pois eles são muito legais, participam das atividades e mostram que não existe diferença quando o assunto é animação. Dancei muito com uma senhorinha aqui”, destacou a jovem.

Josilene da Silva Santos, coordenadora do Cras enfatizou que a unidade é a porta da comunidade. “Um momento como esse é que a gente junta e valoriza as potencialidades dos jovens junto com a experiência dos idosos e faz com que cada vez mais a gente possa atender as necessidades e as demandas da comunidade”, concluiu a coordenadora.

O Cras é responsável pela organização e oferta dos serviços socioassistenciais da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) nas áreas de vulnerabilidade e risco social do município. São promovidas diariamente atividades para os jovens, idosos e mulheres no local.

Para o secretário municipal de Assistência Social e Cultura as atividades são muito importantes para o convívio. Diminuir a vulnerabilidade social é um dos principais eixos do Cras e da prefeitura de Branquinha. Nossos jovens eram desassistidos, mas graças ao empenho de toda a equipe, essa realidade está mudando”.

Data de publicação: 27/06/2017

Créditos: Gustavo Corado / Ascom prefeitura

Créditos das Fotos: Gustavo Corado/ Ascom prefeitura

Compartilhe!