Longo período de seca afetou abastecimento básico de água no município

A prefeitura municipal de Branquinha decretou nessa segunda-feira (20), situação de emergência em virtude da prolongada estiagem que vem se agravando desde abril do ano passado. Carros pipas e rodízio de água foram adotados para evitar que a barragem do Rio Branca que dá nome a cidade seque.

De acordo com o prefeito da cidade Jairon Maia Fernandes Neto, relatórios técnicos emitidos pela Defesa Civil municipal confirmaram que a vazão da água da barragem está em estágio vermelho. “Fomos até o local de captação de água da cidade, vimos que está bem abaixo da média. Assim como os outros municípios alagoanos, Branquinha está sofrendo uma das piores estiagens dos últimos anos”, completou Maia.

Com uma possível ameaça de colapso hídrico que afeta diretamente a população, o abastecimento de água encanada nas casas está sendo feito a cada quatro dias e nos dias de racionamento, caminhões-pipa realizam o abastecimento em postos de saúde e residências.
Ainda segundo o Decreto, o grau de estiagem entra no nível III, sendo assim necessário um plano emergencial de reposta ao desastre, necessitando de apoio de nível Estadual, conforme a mobilização do Sistema Nacional de Defesa Civil.
 

Data de publicação: 20/03/2017

Créditos: Gustavo Corado / Ascom Branquinha

Compartilhe!