Parado há mais de nove anos, programa municipal vai retomar atividade

A Casa da Sopa começa a se tornar uma realidade. O programa vai atender a mais de 400 famílias. O projeto estava parado há mais de nove anos. Nesta quinta-feira (04), o Prefeito Jairinho Maia acompanhado do secretário municipal de Assistência Social Jefferson Tenório e do secretário municipal de Infraestrutura Wellington Passos visitaram o antigo prédio da Secretaria Municipal de Cultura. As obras já começaram no lugar que será a cozinha.

Jairinho destacou que a fábrica da sopa vai beneficiar os mais carentes. “A distribuição do alimento será para as pessoas que mais precisam. É uma forma de tentarmos diminuir as perdas nutricionais de crianças, jovens, adultos e idosos que muitas vezes não tem o que comer”, enfatizou o prefeito.

Três vezes na semana e atendendo nas áreas com maior índice de vulnerabilidade social, o alimento será distribuído no João Lyra, Várzea, Platores I, II e III. Todo o processo da sopa será supervisionado por nutricionistas.

O secretário Jefferson Tenório disse que haverá um cadastro das pessoas que serão beneficiadas. Todos os investimentos na compra dos alimentos e na distribuição da sopa serão por conta da prefeitura.

Data de publicação: 04/01/2018

Créditos: Gustavo Corado / Ascom Branquinha

Créditos das Fotos: Gustavo Corado / Ascom Branquinha

Compartilhe!